Gostaria que fosse previsto um parque urbano na sede do nosso município.
LARYSSA VIALE BARONI
Meio Ambiente e Paisagem
03/12/2015
A fiação aérea na cidade esta cada dia se tornando um problema. Os emaranhados de fios já começam a ficar em pedaços pelas calcadas. Isso também é poluição visual. Transmite uma ideia de cidade suja e poluição visual não contribuem com o bem estar local e com a paisagem urbana. A iluminação e deficiente e os postes de cimento irregulares utilizam grande área das calcadas a ponto de atrapalhar a passagem. Os novos loteamentos da cidade não esta sendo requerido fiação subterrânea. Só se perpetua esse futuro problema pra uma cidade que quer ser organizada.
Gabriel de Oliveira Costa
Meio Ambiente e Paisagem
03/12/2015
Pela preservação faixas de mata Atlântica que ainda resistem ao desmatamento e avanço habitacional, matas que ainda abrigam grande diversidade de fauna e flora, e nos faz lembrar como foi nosso município nos tempos de nossos avós, além de contribuir para o equilíbrio climático e deixa a cidade mais agradável de se viver
BRUNO BOINA
Meio Ambiente e Paisagem
08/12/2015
Um dos pontos turísticos mais importantes do município está se deteriorando. Os coqueiros da orla de Aracruz já não são tão numerosos como costumavam ser. Infelizmente a situação tende a piorar nos próximos anos, caso não haja intervenção na área. Acredito se tratar de um tema relevante, levando em consideração a questão ecológica.
Mariana Antunes Borba
Meio Ambiente e Paisagem
08/12/2015
moro no bairro vila nova onde tem uma pracinha que nunca inauguraram e foi esquecida desde o mandato de Kaká no qual o atual prefeito era vice, então ela fica próxima da antiga ABA, sugiro que façam \"ressucitação\" nela, por exemplo colocar uma academia, um local de crianças brincarem e umas mesas com cadeiras daquelas de concreto que tem o jogo de dominó em cima outros bairros mais novos já tem e esqueceram daqui.
vagne milagres cáo
Meio Ambiente e Paisagem
15/01/2016
PROPOR, ATRAVÉS DE ESTUDOS E INSTRUMENTOS APLICÁVEIS, A AQUISIÇÃO DE ÁREA ESTRATÉGICA VOCACIONADA TENDO EM VISTA A IMPLANTAÇÃO, NA SEDE DO MUNICÍPIO, DE PARQUE PAISAGÍSTICO URBANO (PARQUE TEMÁTICO). - ÁREA PROPOSTA: ÁREA VERDE LATERAL ESQUERDA À RUA SETE DE SETEMBRO, NA ENTRADA DO BAIRRO ITAPUTERA, SENTIDO À ANTIGA FÁBRICA DE MANILHAS. - PROJETO PROPOSTO JÁ EXISTENTE, CONTEÚDO DE MONOGRAFIA DE TÉRMINO DE CURSO DE ARQUTETURA DO SERVIDOR MARCOS BAIOCO (SEMOB).
ALUIZIO PIFFER
Meio Ambiente e Paisagem
28/01/2016
2- PROPOR, ATRAVÉS DE ESTUDOS E INSTRUMENTOS APLICÁVEIS, A AQUISIÇÃO DE ÁREA ESTRATÉGICA VOCACIONADA TENDO EM VISTA A IMPLANTAÇÃO, NA SEDE DO MUNICÍPIO, DE PARQUE PAISAGÍSTICO URBANO (PARQUE TEMÁTICO). - ÁREA PROPOSTA 2: ÁREA VERDE DENOMINADA \"ÀREA DOS PEREGRINOS\" LOCALIZADA ENTRE A AVENIDA VENÂNCIO FLORES E A RUA 23 DE MAIO, NA SEDE DO MUNICÍPIO.
ALUIZIO PIFFER
Meio Ambiente e Paisagem
28/01/2016
3- PROPOR, ATRAVÉS DE ESTUDOS E INSTRUMENTOS APLICÁVEIS, A AQUISIÇÃO DE ÁREA ESTRATÉGICA VOCACIONADA TENDO EM VISTA A IMPLANTAÇÃO, NA SEDE DO MUNICÍPIO, DE PARQUE PAISAGÍSTICO URBANO (PARQUE TEMÁTICO). - ÁREA PROPOSTA 3 : ÁREA VERDE CENTRAL LOCALIZADA PRÓXIMO AO BAIRRO COHAB 2, POPULARMENTE CONHECIDA DE \"ÀREA DO DOUTOR SIXTO\". (TESTADA COM A RUA LUIZ BOFF).
ALUIZIO PIFFER
Meio Ambiente e Paisagem
28/01/2016
Realizar a inclusão de itens protegendo o traçado urbano original do bairro Coqueiral, e criação de um plano de mobilidade de calçadas, tendo em vista que a lei atual não atende a proposta do bairro, além de apresentar um percurso maior para um portador caso às calçadas se instalem as margens das ruas. As calçadas devem ser instaladas ao longo da área verde.
EDUARDO SACCANI VESCOVI
Meio Ambiente e Paisagem
29/01/2016
Rever as atividades, ou reavaliar as áreas de Zona de interesse Ambiental (ZIA) ao longo da orla, principalmente no trecho entre Santa Cruz a Praia Formosa. Realizar a inclusão de atividades sustentáveis e construções de usos multifamilar e comércios, afim de desenvolver o potencial turístico da região.
EDUARDO SACCANI VESCOVI
Meio Ambiente e Paisagem
29/01/2016
Criação de um area protegida: monumento natural municipal, com o objetivo de proteção da beleza cênica, considerando que esta é uma das principais paisagens e cartão postal do municipio.
Ana Paula Correa do Carmo
Meio Ambiente e Paisagem
13/02/2016
Locais públicos voltados para o lazer.
Sandra Bandeira
Meio Ambiente e Paisagem
22/02/2016
Maior preservação de áreas verdes.
Josias Guilherme da Silva
Meio Ambiente e Paisagem
22/02/2016
Arborização.
Maria Auxiliadora dos Santos Campos
Meio Ambiente e Paisagem
22/02/2016
Arborização.
Judite Simões
Meio Ambiente e Paisagem
22/02/2016
Arborização.
Elcio Santos da Conceição
Meio Ambiente e Paisagem
22/02/2016
PROPOR, ATRAVÉS DE ESTUDOS E INSTRUMENTOS APLICÁVEIS, A AQUISIÇÃO DE ÁREA ESTRATÉGICA VOCACIONADA TENDO EM VISTA A IMPLANTAÇÃO, NA SEDE DO MUNICÍPIO, DE PARQUE PAISAGÍSTICO URBANO (PARQUE TEMÁTICO). - ÁREA PROPOSTA: ÁREA CENTRAL , LATERAL DIREITA À RUA PROFESSOR LOBO, SENTIDO AO CENTRO, ÁREA DENOMINADA \"ÀREA DOS MODENESI\" .
ALUIZIO PIFFER
Meio Ambiente e Paisagem
01/03/2016
Aracruz está sobre uma enorme fonte hídrica! Uma sugestão é identificar e analisar a possibilidade de recuperação e proteção das nascentes existentes na cidade. De prontidão, já informo três: loteamento Colina, bairro Guanabara e bairro São José (próximo a Guaxindiba).
Andre Luiz da Silva
Meio Ambiente e Paisagem
03/03/2016
No final desta Rua Esmeralda existe uma área verde lindíssima que está sendo soterrada por lixões a céu aberto. Uma lastima...
Cristina do Nascimento Montibeller
Meio Ambiente e Paisagem
03/03/2016
Alteração do paisagismo da orla onde predominam as castanheiras que impactam na restinga
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Meio Ambiente e Paisagem
08/03/2016
Limitação do gabarito em toda orla com objetivo de proteger a beleza cênica , a ventilação e a luminosidade
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Meio Ambiente e Paisagem
08/03/2016
Estudar a natureza atual das atividades nos bairros em todo municipio visando a atualizar , aGerenciar e aplicar a legislação com relação a empresas e atividades que impactam a saúde e qualidade da população destinando sua transferencia para centros industriais
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Meio Ambiente e Paisagem
08/03/2016
estabelecer zonas de amortecimento em areas industriais de todo municipio visando reduzir o impacto na qualidade de vida da sociedade
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Meio Ambiente e Paisagem
08/03/2016
A poluição sonora em nossa cidade é absurda. Não só no centros mas em todos os bairros carros de som passam com um volume muito alto, e alguns moradores escutam música como se não houvesse amanhã . Existem pessoas com problemas auditivos, pessoas querendo sossego e são perturbadas com isso. Uma sugestão intensificar a fiscalização e plica multas para infratores.
Mateus Nossa Lecchi
Meio Ambiente e Paisagem
16/03/2016
Queremos um aproveitamento adequado dos edifícios e lotes públicos, e não o leilão dos bens da prefeitura. É vergonhoso esse processo que está para acontecer.
Marcia zumak
Gestão Democrática
03/12/2015
Queremos o funcionamento do posto de saúde do bairro Jequitibá. Está terminado, mas a administração prefere pagar alugueis ao invés de colocar seus equipamentos públicos em funcionamento. Não adianta planejar, replanejar se não se fizer uma execução eficaz.
Marcia zumak
Gestão Democrática
03/12/2015
Sou professor de taekwondo , ha 5 anos ministro aulas de taekwondo no projeto social , tudo começou na praça da paz , passamos o ano de 2011, 2012, 2013, 2014 treinando na praça da paz, no ano de 2015 secretário de esporte junto com a secretária de educação sedeu a quadra do colégio municipal rampinelli no Bairro Bela Vista. Hoje projeto atende 60 pessoas entre crianças , adolescentes e jovens, minha sugestão é que prefeitura nos ajuda com tatame e equipamentos para treino. Assim estaremos fazendo um trabalho de excelência para população de Aracruz. Desde já meu muito obrigado
Jonathan Wesley Vitor Pereira
Gestão Democrática
15/01/2016
No capitulo referente a Conselho do Plano Diretor (CPDM), realizar a inclusão de profissionais liberais, com base fixa no município e devidamente cadastrados na Prefeitura. Assim, sugiro representantes dos Arquitetos e Engenheiros Civil, tendo em vista que os órgão de classe (CAU e CREA) não estão estruturados dentro do município.
EDUARDO SACCANI VESCOVI
Gestão Democrática
29/01/2016
Investimento igual em todos os bairros.
Aurora Rocha Guilherme
Gestão Democrática
22/02/2016
Mais investimento no bairro.
Maína Lopes Jovêncio
Gestão Democrática
22/02/2016
Implantação de % a ser destinado a minimizar ou mitigar os impactos em infra estrutura oriundos da implantação de médias e grandes empresas a serem instaladas ou quando da alteração de área fisica , no municipio .
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Gestão Democrática
08/03/2016
consolidar o uso do iptu progressivo e o direito de preempção para evitar especulação imobiliária que atrasa o desenvolvimento em todos os bairros do municipio
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Gestão Democrática
24/03/2016
Melhorar as calçadas para que sejam acessíveis.
Roberto Cabral Junior
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
26/08/2015
Tenho 34 anos, estudei na escola Marechal Costa e Silva e hoje meus filhos estudam nesta escola. Não consigo entender o motivo pelo qual nesta escola ainda não foi construída uma quadra para as crianças fazerem a aula de Educação Física.
LORENA SPERANDIO CAVALHERI
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
16/12/2015
Transformar a área e o entorno da lagoa rio Preto, em Portal de Aracruz/Praia Formosa, em Parque Natural Municipal de Aracruz, para desenvolvimento de atividades afins: lazer, esporte, cultura, entretenimento, geração de renda e pesquisa. A Associação de Moradores de Praia Formosa e Portal de Aracruz (AMPRAFOR-PA) já elaborou um projeto de revitalização da lagoa, inclusive, já disponibilizado para a Fibria, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Fórum Ambiental da Igreja Católica, Instituto Chico Mendes e vereadores, com o propósito de atrair parceiros para o desdobramento/estudo da proposta. A Fibria já acenou com duas providências: 1) extração das árvores de eucalipto que se espalharam pela flora nativa e 2) disponibilização de programas de educação ambiental. A intenção básica é envolver universidade/faculdade, ongs, Iema, Ibama, etc. Assim, o projeto fica disponibilizado para maior esclarecimento e aproveitamento da proposta da associação.
RICARDO HERMETO COELHO
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
06/01/2016
Acredito que o desenvolvimento e fortalecimento do comércio do município está estritamente ligado ao deslocamento de transporte urbano municipal, sendo assim sugiro que seja analisada a viabilidade da criação da tarifa única para com as linhas de ônibus, fomentando assim uma maior integração econômica dos distritos para com a sede, evitando assim a evasão de receitas, provindas de tributos, para municípios vizinhos, principalmente os da Região Metropolitana de Vitória.
André Luís Pimenta de Paula
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
15/01/2016
PROPOR, ATRAVÉS DE ESTUDOS E INSTRUMENTOS APLICÁVEIS, A UTILIZAÇÃO DA ÁREA DA ANTIGA USINA GERADORA DE ENERGIA ELÉTRICA EM SANTA MARIA (ZONA RURAL) TENDO EM VISTA A UTILIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA LOCAL COMO PARQUE TURÍSTICO TEMÁTICO PARA VISITAÇÃO (HUMANIZAÇÃO), CRIAÇÃO DE PARQUE AQUÁTICO, ENTRE OUTRAS POSSIBILIDADES.
ALUIZIO PIFFER
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
28/01/2016
Simplificação de licenças de obras em caráter provisório, podendo ser apresentados alguns projetos como Prevenção e Combate a Incêndios, e Hidrossanitário, bem como alguns estudos, posteriormente a aprovação e Licenciamento, uma vez que existe a dependência de outros órgãos públicos para as aprovações destes. Assim, podemos evitar retrabalhos e como modificações e reprovações de projetos em outras repartições públicas, ainda, deverão ser estipuladas penalidades pesadas no descumprimento dos prazos.
EDUARDO SACCANI VESCOVI
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
29/01/2016
Urbanização da Orla, criação de calçadões na orla do município para melhor atender ao turismo. Criação de arenas esportivas para atrairmos eventos de grande porte para nosso município.
Brenner
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
02/02/2016
Ciclovia e calçadão (ambos separados) ligando Barra do Sahy a Coqueiral.
André Luiz dos Santos
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
12/02/2016
Investimento no turismo e na cultura do município e bairro.
Claudionor Moreira da Rosa
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
22/02/2016
PROPOR, ATRAVÉS DE ESTUDOS ESPEC`IFICOS NA `AREA DE GEOLOGIA, TOPOGRAFIA, AMBIENTAL, DENTRE OUTROS INSTRUMENTOS APLICÁVEIS, PARA DEFINICAO DE AREA PROXIMA A CAPTACAO DO SAAE, COM O OBJETIVO DE IMPLANTACAO DE DIQUE (OBRA CIVIL) PARA CONTENCAO DE AGUA DO CORPO H`IDRICO LOCAL (RIO PIRAQU`E-ACU) PROXIMO A ES-257 E A PEDREIRA ARACRUZ, TENDO EM VISTA A GARANTIA DO ABASTECIMENTO MUNICIPAL DE AGUA EM TODAS AS ESTACOES, GARANTIA DO FLUXO DE AGUA A JUSANTE DO REPRESAMENTO PARA OUTROS PROPRIETARIOS E EMPREENDIMENTOS. A LAMINA DE AGUA GERADA PELO REPRESAMENTO PODER`A SER UTILIZADA TENDO EM VISTA A UTILIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA LOCAL COMO PARQUE TURÍSTICO TEMÁTICO PARA VISITAÇÃO (HUMANIZAÇÃO), CRIAÇÃO DE PARQUE AQUÁTICO, ENTRE OUTRAS POSSIBILIDADES.
ALUIZIO PIFFER
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
02/03/2016
PROPOR, ATRAVÉS DE ESTUDOS ESPEC`IFICOS E INSTRUMENTOS APLICÁVEIS, DEFINICAO DE AREA PARA A IMPLANTACAO DE SISTEMA MODERNO DE TELEF`ERICO COMO INVESTIMENTO TURISTICO (ATRAVES DE PPP`S) INTERLIGANDO `AREAS GEOGRAFICAS VOCACIONADAS COMO O PARQUE MUNICIPAL DO ARICANGA A OUTRAS BASES COMO O MORRO DO `OLEO, MONTE SERRAT, PARQUE AQUATICO DA ANTIGA USINA DA REPRESA EM SANTA MARIA... E POSSIBILIDADE DE UMA ALCA DE TRANSPORTE ATE O PARQUE AQUATICO GERADO COM A IMPLANTACAO DO GRANDE DIQUE A MONTANTE DA CAPTACAO DO SAAE.
ALUIZIO PIFFER
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
02/03/2016
Sugiro que no PDM os comércios que estão na Rua Sete de Setembro , especificamente do sinal em frente ao posto Ipiranga até o Itaputera, seja realocado no Centro Industrial. Estes comércios, poluem visualmente a entrada do bairro, haja vista não ser um bairro exclusivamente comercial, trazem inúmeros transtornos aos moradores, o descarte do lixo e resíduos destes estabelecimentos são inadequados, atrapalham o transito e principalmente são acumuladores de insetos que causam vários tipos de doenças aos moradores. É inadmissível, termos um ferro velho dentro de um bairro aonde encontra-se instalado um abrigo para idosos. O PDM precisa repensar a permanência destes comércios no bairro, pois se eles ficassem numa área comercial exclusiva, seria inclusive, mais fácil o monitoramento dos órgãos fiscalizadores.
Cristina do Nascimento Montibeller
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
03/03/2016
Barra do Sahy é um dos balneários mais frequentados de nossa orla, mas o que tem de bonito, é carente de investimentos. Não se tem uma casa lotérica, tampouco caixas eletrônicos, no período de verão o comercio é sempre o mesmo de décadas atrás, não se vê o artesãos locais expondo seus trabalhos, não se tem um ponto de apoio turístico, que possa distribuir um folder por exemplo dos pontos a serem visitados e dos restaurantes, e mesmo diante das inovações como o Festival de Inverno e o Projeto Praia Acessível, o balneário precisa de mais suporte. Acredito que o PDM possa comtemplar melhoras para este balneário e para o munícipio como um todo.
Cristina do Nascimento Montibeller
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
03/03/2016
Boa tarde, Gostaria de solicitar uma Praça da Ciência, como a que existe em Vitória. Há uma grande área aberta aqui em Coqueiral em frente ao CEMEI - Balão Mágico. A Praça da Ciência se localiza na Avenida Américo Buaiz, na Enseada do Suá (próximo a Curva da Jurema). Se não me engano já existe há 8 anos. É gratuita, contém 16 equipamentos muito mais muito bacanas que são usados por muitas escolas da região para ensinar os alunos sobre conceitos científicos como Física. Gente criança aprende e muito brincando. O espaço contribui tanto para a realização de um ensino mais dinâmico dos professores com os alunos, quanto para a absorção do conteúdo pelos alunos uma vez que eles participam dos experimentos.
Luana Pimentel de Medeiros
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
03/03/2016
Implantação de calçadão nas praias de santa cruz , coqueiral , praia dos padres , sauê , mar azul e putiri .
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
08/03/2016
ordenação das atividades pesqueiras em santa cruz
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
08/03/2016
Destinação de local para implantação da marina de santa cruz , onde já existe projeto na secretaria estadual de turismo
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
08/03/2016
destinação de área para construção de arena para eventos a cargo da iniciativa privada em barra do sahi
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
08/03/2016
consolidação do patrimonio histórico e cultural do municipio , seja através dos imóveis com incentivo à preservação e as manifestações culturais ( indigena , italiana , congo etc)
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
08/03/2016
incentivo a atividade turistica com destinação de áreas na orla para implantação de equipamentos de hospedagem , lazer , gastronomico e cultural
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
08/03/2016
Estudar melhor destinação para a praia de coqueiral/sauna onde pode ser implantado área para caminhada , aquário , planetário e incremento a atividade de gastronomia
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
08/03/2016
Consolidadar a reserva david farina como destino academico , turistico e cultural
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
08/03/2016
incentivo aos proprietários rurais para reflorestamento e proteção de nascentes com fornecimento de orientação técnica , material e redução de impostos
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
08/03/2016
incentivo a atividade de criação de mariscos e peixes em cativeiro no rio piraqueaçu com fornecimento de orientação técnica , material e redução de carga tributária
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Desenvolvimento Econômico, Turístico e Cultural
08/03/2016
Mobilidade urbana. Queremos ciclovias em Aracruz. A avenida que liga os bairros São Marcos e Planalto está sendo ampliada e não vi nenhuma ciclovia. Há muitos trabalhadores que usam bicicletas e se arriscam no trânsito. Infelizmente nem nas rodovias para a praia há ciclovias( sei que são estaduais).
Marcia zumak
Habitação e Mobilidade
03/12/2015
A cidade necessita de um planejamento viário urbano, o que inclui reabilitação de calçadas, construção de passarelas sobre rodovias e avenidas com grande fluxo de veículos, delimitação de ciclovias e/ou ciclofaixas, duplicação de ruas e avenidas (destaque para a Venâncio Flores, Luiz Theodoro Musso e Florestal), implantação de fluxo único em vias movimentadas (destaque para as ruas Eurico de Aguiar Salles e Lydio Flores entre o Laboratório Thompson, no Centro, e a Primeira Igreja Presbiteriana, no Bairro De Carli). Algumas ruas necessitam de sinalização semafórica, principalmente as que dão acesso a bairros grandes e cruzam rodovias, destaque para os Bairros De Carli, Jequitibá, Cohab II [Jardim Paraíso] e Segatto. Uma cidade como Aracruz, com seus aproximados 95.000 habitantes atuais, não pode continuar com o mesmo mapa viário, pois é visível que o mesmo não atende à população ocorrendo constantemente engarrafamentos e riscos de colisões e atropelamentos.
Gabriel Cruz Viana
Habitação e Mobilidade
04/12/2015
O bairro Guanabara é um bairro que se desenvolveu rapidamente, são construções com ótimas estruturas, muitas famílias investiram seus recursos ali acredito que é preciso um olhar mais atencioso para esta comunidade, com a pavimentação das ruas e redes de esgoto o bairo tende a avançar em seu desenvolvimento e valorização dos imóveis. É preciso que os imóveis sejam regularizados, há uma dificuldade em registar as escrituras devido ao tamanho dos lotes, faz-se necessário oferecer maior segurança aos moradores, talves com implantação de câmeras nos pontos críticos onde há maior incidência de violência e tráfiro. Vejo o Bairro Guanabara com grande potêncial de crescimento só precisa de maior atenção.
Maria Lucivânia Alves da Silva
Habitação e Mobilidade
09/12/2015
Sugiro que as calçadas do centro sejam reformadas, que seja criada uma ciclovia, e mais acesso as pessoas que necessitam de uma locomoção especial.
LORENA SPERANDIO CAVALHERI
Habitação e Mobilidade
16/12/2015
É necessário que urgente seja tratado um tema que se arrasta por várias gestões servindo apenas como palanque de promessas para campanhas, que é a revitalização do valão que corta os bairros Segato, Fátima, Clemente, etc. Além de proporcionar moradias precárias, proliferação de doenças, inundações, facilitação para o tráfico e aumento da violência que hoje as autoridades já perderam o controle.
RÔMULO PANTALEÃO ALVES
Habitação e Mobilidade
29/12/2015
- Sinalização de todos pontos de ônibus - Implantação do sistema de rastreamento dos horários de ônibus em tempo real, como já existe em Vitória, pelo aplicativo \"Ponto Vitória\" que informa ao usuário os horários do próximo onibus que passará no ponto selecionado. Além das linhas que passam em cada ponto.
Raiany de Oliveira Ribeiro
Habitação e Mobilidade
15/01/2016
O asfalto das principais ruas da cidade estão cada vez piores. Nem comento sobre a pessima qualidade do serviço de tapa-buracos que mais se parecem quebra-molas. Tampa de bueiros desnivelados à rua, pontos insuficientes de bueiros para escoação da agua da chuva, calçadas intrasitáveis e fora de padrão. Quem anda pela cidade todo dia, independente dos meios, percebe-se o descaso com as vias publicas.
Julio Cezar de LIma Haesbaert
Habitação e Mobilidade
16/01/2016
É gritante a necessidade de realizar a implantação de sistema de esgotamento sanitário e calçamento na Praia Do Sauê. Apenas as entradas do bairro são pavimentadas.
Princila da Cunha
Habitação e Mobilidade
19/01/2016
Gostaria de saber se existe alguma Lei a respeito de abandono de terrenos, pois em meu Bairro, Mar Azul existem inúmeros terrenos que nunca são limpos e se transformam em matagais, com isso trazendo transtornos constantes a nós moradores. São criadouros de animais ( mosquitos, ratos, baratas, etc...) e também são usados por vândalos que incendeiam esses locais. Acredito que através do cadastro de IPTU seria fácil para a administração municipal localizar os proprietários para cobrar providências a respeito.
RAQUEL PEREIRA MENDES GNOCCHI
Habitação e Mobilidade
22/01/2016
Gostaria de saber se há previsão para obras públicas de asfaltamento e de implantação da rede de esgoto para atender os bairros São Francisco, Itaparica e Portal de Santa Cruz, tendo em vista o acentuado crescimento do fluxo de veículos e populacional em ambos, além do advento de 02 loteamentos de alto padrão, que estão sendo contemplados com as referidas obras, de forma que seu projeto, devido à legislação municipal vigente, os obriga a tais, sendo assim os bairros supracitados, que se encontram próximos a esses loteamentos necessitarão dessas obras para suprir as suas já conhecidas defasadas demandas, no que tange a infraestrutura e saneamento básico, logo os mesmos terão a oportunidade de serem inseridos no progresso iminente do distrito, beneficiando assim, ambos os agentes envolvidos: Comunidade Local no quesito qualidade de vida, quanto a Prefeitura no que diz respeito a valorização de imóveis com o respectivo aumento de arrecadação do IPTU.
André Luís Pimenta de Paula
Habitação e Mobilidade
25/01/2016
É necessário a construção de passarela pelo menos em um lado da via que liga a praça da paz a ES 456 até a entrada da Cohab 4 e Solar Bitti. A via de rolamento está precária é preciso reconstruir, fazer obras de drenagem, nova pavimentação, ciclovia, abrigos para embarque nos ônibus, sinalização com placas, pintura de faixas e instalação de redutores e semáforos. \"A portas da casa precisam agradar toda população\"...
ELYANCARLOS
Habitação e Mobilidade
25/01/2016
Duplicação da avenida castelo branco, desde o trevo até a entrada da Ambitec, mantendo a linha de árvores existente em forma de canteiro central.
Ana Paula Correa do Carmo
Habitação e Mobilidade
01/02/2016
Construção de ciclovia na ES-010, à esquerda da pista, desde praia formosa até Barra do Sahy
Ana Paula Correa do Carmo
Habitação e Mobilidade
01/02/2016
Urbanização das ciclovias e construção de calçadas no bairro Coqueiral seguindo os caminhos já delimitados pelos usuários sobre as áreas verdes.
Ana Paula Correa do Carmo
Habitação e Mobilidade
01/02/2016
Conservação das áreas verdes. Adequação das calçadas para atenderem a todos os transeuntes. Melhoria na sinalização das ruas e adequação em alguns pontos de conflito de transito.
Brenner
Habitação e Mobilidade
02/02/2016
É preciso o desenvolvimento de um trabalho para que todas as edificações da cidade sejam regularizadas, não só para beneficio da Prefeitura, mas principalmente para beneficio do próprio cidadão. A burocracia para a regularização de imóvel na Prefeitura é tão grande, que a maioria das pessoas prefere não ter essa dor de cabeça e/ou algumas não tem noção de como funciona esse processo e nem do quanto ele é de suma importância para ambos os lados. Sem contar que muitos cidadãos não têm condições financeiras para arcar com custos de taxas e responsáveis técnicos. Acredito que primeiramente deveria ter uma brecha na lei que facilite a regularização de imóveis construídos anterior a lei 3.143/2008. Deve-se entender que anterior a essa lei, a população construía a seu modo, sem ter algo em que se basear. Algumas exigências são impossíveis de serem cumpridas, por conta do tempo, tamanho, localização ou uso da edificação, por isso deveria haver mais compreensão por parte da secretaria de obras e/ou um tipo de conselho técnico, para onde fossem esses casos mais difíceis para que entrem em comum acordo ou tentem encontrar uma solução cabível. O IPTU é cobrado de todos os cidadãos, até mesmo destes que não tem registro de imóvel, por isso acredito, que a Prefeitura deveria buscar colaborar para com estes cidadãos. Sugiro também quem sabe uma campanha, que incentive as pessoas a regularizarem suas edificações e explicando a importância de tal ato.
Pâmela Pegoretti
Habitação e Mobilidade
02/02/2016
Para garantir maior segurança de todos que utilizam a Rua Espírito Santo, deve-se construir, reformar ou regularizar o calçamento, tendo em vista que hoje não há calçada para pedestres e sim uma FAIXA AMARELA PINTADA NO ASFALTO, por onde passam crianças, ciclistas e outros pedestres.
Sidnei Bernardo Gaspar
Habitação e Mobilidade
03/02/2016
Penso que para termos mais opções de acesso rápido a Orla do município de Aracruz e viagens a Capital , precisamos ativar e revitalizar a Rodovia Demócrito Moreira que passa por terras indígenas, acredito que com mais essa opção de vias ligando outros extremos do município melhoraria a mobilidade em nosso município.
Jurandi Giovanni
Habitação e Mobilidade
15/02/2016
Aumentar o quantitativo e intensificar a fiscalização nas edificações. Não adianta ter um PDM voltado para uma urbanização planejada e o munícipe (as vezes sem ter informação) construir fora das exigências do PDM.
Andre Luiz da Silva
Habitação e Mobilidade
16/02/2016
Acessibilidade nas vias.
Josias Guilherme da Silva
Habitação e Mobilidade
22/02/2016
Calçadas com acessibilidade.
Silvério Rosa Francisco
Habitação e Mobilidade
22/02/2016
Acessibilidade nas ruas e calçadas.
Judite Simões
Habitação e Mobilidade
22/02/2016
Ruas com acessibilidade.
Elcio Santos da Conceição
Habitação e Mobilidade
22/02/2016
Estacionamentos.
Elcio Santos da Conceição
Habitação e Mobilidade
22/02/2016
Acessibilidade nas ruas.
Maína Lopes Jovêncio
Habitação e Mobilidade
22/02/2016
Alguns pontos do bairro guaxindiba não possui pavimentação, fazendo com que ocorra uma série de transtornos que dificultam a locomoção nas ruas do bairro, seria também interessante se exigir mais do cidadão principalmente no que se refere ao espaço deixado nas calçadas para que se possa melhorar a circulação das pessoas e até mesmo ter espaço para arborizar a cidade algo que se pode notar que não tem mais incentivo da prefeitura, nota-se que em muitos pontos da cidade estão começando a faltar árvores principalmente nos novos bairros, como citado mais abaixo a revitalização da rodovia Demócrito Moreira seria também excelente alternativa e iria melhorar muito a mobilidade urbana da cidade e fortalecer um pouco mais o turismo visto que já se tem dois hotéis nessa rodovia um em construção e outro já pronto.
Renan pasolini oliveira
Habitação e Mobilidade
03/03/2016
Acessibilidade O PDM precisa conter ações que propicie aos portadores de necessidades especiais possibilidades de locomoção, pois as calçadas são inadequadas e as arvores na maioria das vezes, estão plantadas sobre elas.
Cristina do Nascimento Montibeller
Habitação e Mobilidade
03/03/2016
Implantação de estacionamento rotativo nas ruas do centro da cidade urgente...
Cristina do Nascimento Montibeller
Habitação e Mobilidade
03/03/2016
Implantação de um ciclovia que integre a sede da cidade a orla. Uma sugestão seria um trecho de Aracruz-Coqueiral via Irajá, outra de Aracruz Barra do Sahy via fábrica e outro trecho da Barra do Sahy até Santa Cruz. O investimento deste porte proporciona segurança para todos os usuários que já utilizam esse meio de transporte, incentiva novos usuários ajudando nos prolemas de mobilidade urbana com segurança, também contribui no desenvolvimento do ciclismo na nossa cidade não só como meio de trasporte, mas como no esporte, já em franca expansão, como também para o lazer. Pode contar comigo, gostaria de ajudar num projeto desse.
Claudiano M Miranda
Habitação e Mobilidade
03/03/2016
Boa Tarde! Coqueiral de Aracruz é um bairro composto por muitos idosos, crianças, cadeirantes e mães que caminham com carrinhos de bebês. O que falta é a criação da Calçada Cidadã. As pessoas trafegam pelo meio das ruas, o que gera riscos e desconfortos. O PDM precisa mudar esta situação neste bairro, que além de tudo é muito turístico. Precisa implantar a Calçada Cidadã e uma Cartilha para os moradores.
Luana Pimentel de Medeiros
Habitação e Mobilidade
03/03/2016
Boa Tarde! Gostaria que o PDM realize paraciclos para as bicicletas, já que muitos moradores daqui utilizam como meio de transporte. Há modelos de paraciclos muito bacanas em Vitória que poderiam servir de referência.
Luana Pimentel de Medeiros
Habitação e Mobilidade
03/03/2016
No centro de Aracruz e horários de pico, vejo a necessidade de guardas de trânsito para melhorar o andamento do fluxo de veículos. horários de almoço e depois das 16:00.
Oziel
Habitação e Mobilidade
04/03/2016
Proibir o estacionamento de veículos do lado direito pra quem vai do centro para Bela vista, em frente ao Edifício Lorenge. Atrapalha muito o fluxo de passagem de veículos principalmente quando ocorre o encontro de caminhões e ônibus.
Oziel
Habitação e Mobilidade
04/03/2016
Implantação da ciclovia ao longo da es-10
MARIO CAMILLO DE OLIVEIRA NETO
Habitação e Mobilidade
08/03/2016
Minha sugestão é de que retifiquem a Tabela 02 do Artigo 32 da lei 3915/2015 que em questão retifica o Artigo 429 do Plano Diretor Municipal da LEI N.º 3.143, DE 30/09/2008, onde consta a tabela com as áreas mínimas das edificações comerciais e residenciais quanto aos compartimentos. Está havendo uma dificuldade de se aprovar os cômodos das edificações comerciais que possuem uma \"copa\" (uma pequena pia com um espaço para se fazer um café). Apenas há menções de \"cozinha\" com no mínimo 4,00 m² ou \"copa\" com 10 m² (que claramente se referem a residencias). São áreas muito grandes para serem adaptadas nas mesmas edificações comerciais. Atualmente precisamos alterar o nome do cômodo para \"Apoio\" afim de que sejam aprovadas pela LEI nestes pequenos cômodos nos segmentos comerciais. Resumidamente, poderiam então incluir o cômodo \"copa (edificações comerciais)\" apenas para estas áreas, com uma metragem mínima destinada apenas para este fim, inferiores tanto aos 10 m² e também as 4 m². Talvez 2 m² ou menor, já que a área se caracteriza como compartimento de permanência transitória. (obs.: Existem muitas edificações residenciais que são reformadas para serem transformadas em edificações de comércio, dependendo do espaço físico, é inviável planejar uma copa de 10 m² ou uma cozinha de 4m², principalmente em lojas. As vezes ocupa 1/3 da área ou mais da metade. Fica a sugestão!
Noah Cerri
Habitação e Mobilidade
09/03/2016
Seria interessante uma melhora no sistema de transporte publico, o atual serviço é lastimável, a tarifa é muito alta em relação aos serviços prestados, as rotas dos ônibus são escassas e atendem somente parte da população que necessita, muitos bairros não tem o serviço e os pontos mais próximos são distantes. A qualidade do serviço também merece atenção, cobradores sem informações, a quantidade de ônibus é baixa, e em sua maioria não cumprem os horários propostos. Além de não termos um portal que informe os horários dos ônibus, visto que os oferecidos pelas empresas é incompleto ou inexistente. Um modelo a ser seguido é o Sistema Transcol da Grande Vitória que não é perfeito mas é bem superior ao da nossa cidade.
Mateus Nossa Lecchi
Habitação e Mobilidade
16/03/2016
Temos poucas vagas para estacionar em nossa cidade, inclusive muitos lojistas param seus veículos em frente suas lojas as 7h da manhã e só retiram as 19h da noite. Uma sugestão é a criação do sistema de estacionamento rotativo e paquímetro, para haver controle dessas vagas usadas abusadamente. Obs.: Melhora na fiscalização pois existem muitas pessoas que usam vagas direcionadas a idos e pessoas com deficiência, além de estacionarem em locais proibidos com muita frequência.
Mateus Nossa Lecchi
Habitação e Mobilidade
16/03/2016
Nossa cidade possui poucos semáforos, e vários motoristas avançam sinal vermelho ou fazem o cruzamento quando o outro sinal do cruzamento está prestes a abrir, já vi acidentes sendo causado por está atitude. Uma sugestão seria instalar radares ou guardas de transito para aplicar multas a motoristas que fazem isso. Outro ponto importante é falta de semáforos em locais da cidade, muitos motoristas não respeitam a vez do pedestre de atravessar, não respeitam o outro veículo que está cruzando a pista.
Mateus Nossa Lecchi
Habitação e Mobilidade
16/03/2016
Aqui fala em PDM-Plano Diretor Municipal , mas só faz alusão as áreas urbanas. O município é diferente de cidade. Queremos um olhar também para as áreas rurais. E trabalhos com recuperação de mata ciliar, saneamento básico, entre outros. É uma vergonha Aracruz não tratar seus esgotos e lançar nos cursos d-água. Dinheiro há nos ministérios para tal, precisa de interesse e competência para elaborar projetos para captação de recursos. Com tanta verba nos ministérios( sei porque fiz consultoria em Brasília)não se justifica mais essa história de \"não temos recursos\".A contrapartida municipal é insignificante.
Marcia zumak
Uso e Ocupação do Solo
03/12/2015
É importante que o PDM não imponha limites baixos às construções, ou pelo menos determine os bairros onde possam ser construídos prédios mais altos. Além de aproveitar melhor o espaço, as construções verticais trazem um toque mais urbano à cidade. Pode não solucionar o problema, mas com certeza essa medida irá amenizar a curto e longo prazo o déficit habitacional que ocorreu e ainda ocorre em cidades de mesmo porte ou maiores que Aracruz.
Gabriel Cruz Viana
Uso e Ocupação do Solo
04/12/2015
No atual PDM já existem previsões de ZONAS ESPECIAIS DE INTERESSE SOCIAL - ZEIS. No entanto é importante que o PDM identifique e especifique as ÁREAS que possuem imóveis integrantes do PLANO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO, pois tratam de loteamentos e edificações construídos pela municipalidade que se encontram irregulares exemplos (Recanto Feliz, Nova Conquista, etc), e que necessitam de ações urgentes de REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA, visando não somente garantir o acesso dessas pessoas ao DIREITO DE TER SEU O REGISTRO DE SEU IMÓVEL, bem como promover a planejamento urbano da cidade, e gerar desenvolvimento através do aquecimento do mercado formal imobiliário, que gera empregos e injeta recursos na economia local.
Allan Dantas de Azevedo
Uso e Ocupação do Solo
05/12/2015
Alteração na classificação (Zona) da área de 173.000m², localizada na rua 23 de maio, 50 – Centro – Aracruz/ES. Hoje classificada TODA como ZONA DE INTERESSE SOCIAL, contudo nela existe área residencial (com processo de regularização fundiária em andamento), existe área de preservação entre outras. Por estar no centro da cidade, pode impedir até a própria Administração de futuramente desapropriar para melhorar a mobilidade urbana, bem como impede qualquer investimento que queira instalar no Município, visando o desenvolvimento de Aracruz. Estou reforçando tal solicitação, lembrando a existência do processo 3.152/12 em curso.
Zita Rosana Pancieri Marino
Uso e Ocupação do Solo
10/12/2015
Sugiro alteração dos modelos de parcelamento de solo, onde impede que o parcelamento do solo seja realizado com a obrigação de ter a testada com no mínimo 50% da dimensão da profundidade. Talvez seja mais razoável determinação de testada mínima para cada zona de ocupação. Exemplo, 10m para ZEIS, 12m para ZR, 25m para ZI, etc.
LEONARDO BOF LOUREIRO
Uso e Ocupação do Solo
10/12/2015
Sugiro a criação de mais Áreas de Especial Interesse Turístico - AEIT é aquela com potencial turístico e para qual se façam necessários controle de usos e atividades, investimentos e intervenções visando ao desenvolvimento da atividade turística em nossa orla, pois é uma das mais preservadas do litoral capixaba. É um dos locais com belíssimo paisagismo.
Rita de Cássia Alves Moreira
Uso e Ocupação do Solo
17/12/2015
É preciso que o novo plano diretor contemple o território do Município de Aracruz como um todo (ex.: áreas indígenas, da União, do Estado do Espírito Santo, etc) e, por consequência, tanto a parte urbana quanto a rural, nos termos do art. 40, § 2º da Lei Federal nº 10.257/01.
Guilherme Travaglia Loureiro
Uso e Ocupação do Solo
29/12/2015
Previsão de uma área para instalação de empresas de base tecnológica, instituições de ensino superior, pesquisa e inovação.
Gilton Luis Ferreira
Uso e Ocupação do Solo
17/01/2016
INSERÇÃO NOS MAPAS DE ZONEAMENTO, DAS ZONAS DE AMORTECIMENTO AFINS ÀS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO E DEMAIS ÁREAS DE INTERESSE AMBIENTAL NO MUNICÍPIO, ASSIM DEFINIDAS ATRAVÉS DE SEUS RESPECTIVOS ESTUDOS DE MANEJO APROVADO OU ESTUDOS TÉCNICOS BÁSICOS QUE PODEM ARBITRAR ESTAS ZONAS DE AMORTECIMENTO, COM VISTAS A EVITAR CONFLITOS DE DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES NESSAS ÁREAS QUANTO AO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO.
ALUIZIO PIFFER
Uso e Ocupação do Solo
28/01/2016
Permanência do gabarito no Bairro Coqueiral em 2 pavimentos.
Brenner
Uso e Ocupação do Solo
02/02/2016
Precisamos discutir durante a revisão do PDM, dois pontos sobre a situação do Bairro Coqueiral. 1) - Definir um limite físico ou propor um uso para as áreas nos fundos das casas no coqueiral, que estão sendo invadidas com a construção de edificações irregulares com invasão de áreas públicas. 2) Discutir com a população de coqueiral a necessidade de construções de calçadas nas principais vias de acesso as residências, pois as mesmas são estreitas e não existem local de passagem para pedestres.
Jurandi Giovanni
Uso e Ocupação do Solo
17/02/2016
Mais locais para construção de residências.
Jose Luiz Santana
Uso e Ocupação do Solo
22/02/2016
Mais locais para construção de casas.
Sandra Bandeira
Uso e Ocupação do Solo
22/02/2016
QUANTO AO PARCELAMENTO DO SOLO, A MINHA SUGESTÃO É QUE A MENOR ÁREA DE LOTE SEJA 200 m² PARA MODELOS DE PARCELAMENTO 1. RETIRAR A A TESTADA MÍNIMA DE 50% DA DIMENSÃO DA PROFUNDIDADE DETERMINANDO UMA TESTADA MÍNIMA. PARA TODA A CIDADE.
LUCIANA CELIN NASCIMENTO FARIA
Uso e Ocupação do Solo
23/02/2016
SOLO E OCUPAÇÃO DO SOLO - PUTIRI - 28.02.2016 solicito atenção da comissão de adequação do PDM, estudar a possibilidade de utilização de áreas com até 30 mil metros quadrados contíguas (vizinhas) a loteamentos existentes serem autorizadas a parcelamento do solo criando lotes na mesma modalidade do loteamento vizinho, condicionando a nova área abertura de mais 2( duas) ou 3 (três ) ruas no máximo, e que essa pequena área seja isenta da obrigação de liberação da área de servidão entre o loteamento existente e a área a ser loteada, bem como da dispensa de se destinar 30%(trinta por cento) para o município. Por se tratar de áreas muito pequenas, não se justifica um espaço de servidão entre uma área e outra e que os espaços sociais do loteamento ja existente sejam utilizados pelos novos proprietários do da nova área, visto que o numero de lotes a ser criado será muito pequeno não causando impacto em função da junção entre as áreas. Caso não seja possível o projeto torna-se inviável economicamente, haja vista o custo com infra estrutura que o proprietário terá que arcar. Penso ser pertinente essa sugestão, uma vez que existe várias pequenas áreas estratégicas de pequeno porte que podem contribuir para o atendimento da demanda existente naquele local. Cito como exemplo uma área de menos de 30 mil metros quadrados imprensada entre o loteamento do Putiri e a Colonia de férias da AMAGES, cuja demanda por lote tem sido grande mas inviável para parcelamento se a sugestão não for aceita. Para maiores esclarecimentos contato pelo e-mail dcrevelin@htmail. com
DIVALDO CREVELIN
Uso e Ocupação do Solo
01/03/2016
Alterar o enquadramento de parte da área definida como Zona Industrial 1 (Anexo 05 C – Vila do Riacho – Lei 3143/2008) para Zona Especial de Interesse Social. A área alvo desta proposta é contígua à Vila do Riacho, na ES 070, delimitada pela Vila ao Note, Rio Riacho a Leste, fragmento de mata ao Sul e rodovia ES 010 a Oeste.
Ricardo Salgado Rocha
Uso e Ocupação do Solo
09/03/2016
Eu sou Osmair, sou proprietário de supermercado, como morador de Aracruz, venho sugerir, a mudança de zoneamento zc 02, na rua Avenida Coqueiral Guarana , no bairro São Marcos, para obras de supermercados com ate 1000 m ² ,com possibilidade de revisão de área para carga e descargas, e estacionamento.
OSMAIR CESCONETI
Uso e Ocupação do Solo
18/03/2016
O período de enviar sugestões está encerrado.