Data: sexta, 20 de setembro de 2019.
Horário de Brasília: 10:47

Prefeitura de Aracruz dá início a projeto-piloto de estrangulamento de vias

20/08/2019 divulgação
As ruas começaram a ser quebradas nesta terça-feira (20/08). O projeto compreende a rua Padre Luiz Parenzi, no espaço entre a Praça Monsenhor Guilherme Schmitz (Matriz) e a Igreja São João Batista

As ruas começaram a ser quebradas nesta terça-feira (20/08). O projeto compreende a rua Padre Luiz Parenzi, no espaço entre a Praça Monsenhor Guilherme Schmitz (Matriz) e a Igreja São João Batista

Conforme já anunciado pela prefeitura de Aracruz na última reunião do Grupo de Mobilidade Urbana do GGIM, ocorrida no início de agosto, que discutiu projetos para otimização do fluxo de veículos no centro do município, foi dado início ao projeto-piloto para implantação do estrangulamento de vias. Esse projeto compreende a rua Padre Luiz Parenzi, no espaço entre a Praça Monsenhor Guilherme Schmitz (Matriz) e a Igreja São João Batista.

A demarcação do espaço foi feita nesta segunda-feira (19/08) e as ruas começaram a ser quebradas nesta terça-feira (20/08). O Subsecretário de Obras e Infraestrutura, Saulo dos Santos Deambrozi, já havia comentado sobre os detalhes desse projeto. “Além do estrangulamento será implantada uma passagem elevada que necessita ser feita com asfalto quente. Por isso estamos tentando viabilizar com a empresa responsável para fechar a carga de um caminhão e nos atender de forma satisfatória. Neste sentido, estamos alinhando outras demandas para serem executadas junto com o estrangulamento, como a questão dos quebra-molas perto do batalhão e demais passagens elevadas, na sede e na orla”, dizia.

A previsão é de que sejam necessários dois dias para fazer cada passagem elevada. O objetivo desse estrangulamento de vias é melhorar as condições de circulação no centro de Aracruz e, consequentemente, a acessibilidade de quem não está motorizado. É  algo necessário às cidades onde a frota de veículos já supera em grande parte a estrutura da malha viária.


TEXTO: Renato Lana
E-MAIL: rfaria@aracruz.es.gov.br